top of page
Buscar

5 Dicas para enfrentar os desafios do ensino a distância: Quarentena não é férias!

Atualizado: 26 de mai. de 2020

Os desafios do aprendizado durante a pandemia de COVID-19

Com a suspensão das aulas presenciais muitas famílias se depararam com as dificuldades de auxiliar os filhos em todas as etapas do aprendizado.

Como manter a atenção das crianças? Será que ele(a) já tem maturidade para fazer as tarefas sozinho(a)? Como ajudar?

É natural se sentir inseguro e perdido em meio a tantas perguntas. Uma mudança súbita de rotina tende a desestruturar nossa noção de tempo e aumenta o risco de adiarmos nossas tarefas e perdermos prazos. É importante deixar claro que estamos em casa, mas não estamos de férias.

Se para um adulto já é difícil se organizar com essas mudanças, imagine para uma criança. Vamos começar com 5 dicas para ajudar nesta adaptação:


1- Rotina



Estabeleça uma rotina diária para as atividades em casa: defina horários para estudo, refeições, ajudar nas tarefas de casa, tempo livre etc. Crianças mais velhas já podem ajudar nesse planejamento, mas lembre-se de que a decisão final cabe ao adulto.




2- Horário de atenção


Perceba o horário em que a criança é mais atenta. Na maioria das pessoas este horário é pela manhã, mas existem exceções.

Observe o tempo de atenção da criança ao estudar pela manhã e à tarde, então ajuste o seu planejamento de rotina para que as horas de estudo fiquem neste horário.




3- Sono


Muitas vezes uma falta de atenção durante o dia (especialmente pela manhã) pode ser sinal de sono insuficiente ou de baixa qualidade.

Evite eletrônicos pelo menos 1 hora antes de ir para cama. Caso a criança ronque muito ou durma de boca aberta vale a pena procurar um otorrinolaringologista. Tomar sol durante o dia também ajuda a regular o sono.


4- Verifique se a atividade é adequada à idade da criança



O tempo de atenção varia conforme a faixa etária: quanto mais jovem a criança, menor é seu tempo de atenção.

Certifique-se de que a atividade é compatível com a idade e maturidade da criança. Uma atividade muito acima ou muito abaixo da capacidade da criança pode levar à desatenção por desinteresse.





5- A importância do exemplo



Quanto mais pessoas da casa seguirem a rotina (mesmo que com atividades diferentes nos mesmos horários), mais rápido a criança tende a se acostumar. É natural do ser humano imitar os comportamentos que observa, então seja o exemplo.

Dúvidas ou Perguntas? É só comentar abaixo.


Palavras chave: Aprendizado, neuropediatria

39 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Diagnóstico nos atrasos do desenvolvimento: "O que ele tem?"

Resumo da live "Importância do Diagnóstico Precoce no Autismo e Atrasos do Desenvolvimento?" (assista aqui) Pontos principais: Diagnósticos (como transtorno do espectro autista ou atraso global do des

Comments


bottom of page